A Bolha Assassina. De Verdades

A Bolha Assassina. De Verdades

Compartilhar

Como a estrutura midiática e comunicativa está acabando com opiniões, verdades e até fatos.

Já falamos aqui sobre o Duas Caras. Uma cara engomada, que sempre fala ao Consórcio de Mídia e dá declarações sobre Liberdades, Democracia, defesa da população; e a cara demoníaca dentro da bolha fazendo exatamente o contrário de tudo que disse. Dia após dia para desmantelar todas as estruturas criadas para combatê-los e expor a verdade dos fatos.

E a bolha é diariamente reforçada pelo Duas Caras. Criam-se novas interpretações para termos que são velhos conhecidos. Democratizar agora é dividir o cofre entre os comparsas, Liberdade é algo que um Supremo Sinistro pode lhe dar… ou não. Quando eles criticam são afirmações. Receber crítica é..não, são ataques consecutivos. Aborto vira direito reprodutivo (não seria não-reprodutivo). E Fake News são qualquer opinião ou verdade que não lhes agrade ou que contrarie. E Urnas são um Dogma. Voto é secreto. Apuração pública agora é secreta também.

Mas como se formou esta dualidade?

A mídia sempre formou a opinião da sociedade. Apenas não percebíamos o viés. Exemplo besta: EUA invadiu Iraque por produção de armas de destruição em massa? Ou porque os iraquianos queriam desvincular o petróleo do Dólar? As Malvinas eram essenciais para o Reino Unido? Ou Thatcher passava por crise política e queria se equiparar a Churchill? Brasil: 1964 foi golpe? Ou a população foi em massa às ruas pedir o fim do comunismo?

Com advento das redes sociais isso mudou. Opiniões reprimidas foram expostas e se descobriu que eram compartilhadas com outras pessoas. Formou-se a discussão sobre a veracidade dos fatos. Deixou de ser discussão quando a mídia escrachou sua militância, revoltando boa parte da população que hoje se informa pela internet e seleciona o que assistir.

Historicamente vemos vários motivos para chegar a isto:

1 – Seguidos governos de esquerda depois dos militares permitiram a ocupação gramscista de setores como cultura, educação, jornalismo, etc. Expelindo oponentes e inserindo mais e mais militantes do partido. Daí a dificuldade hoje de se gerir ministérios e Funais da vida.

2 – Este movimento formou a nossa classe política, artística, jurídica e outras atuais. Os mais espertos sacaram o funcionamento do arranjo e se embrenharam onde interessava. Formou-se o Establishment. Composto por gente focada no benefício pessoal por saber que não haveria nenhum bem social. A sociedade seria subjugada e alimentada a conta-gotas para não atrapalhar.

3 – A movimentação Globalista de Soros veio a cavalo para pintar o mapa do ocidente de vermelho. O velho está morrendo, e ainda manda no partido Democrata americano. Teria que acontecer em 2020. Para tal, junto com o board de acionistas que faz parte (Blackrock, Vanguard) acionou todas as mídias para cumprir seu propósito. Criou-se a demonização de Trump, perseguindo-o e distorcendo qualquer ato do PR. (parecido com Brasil, não?) e padronizou-se o discurso das mídias com releases idênticos.

Boa parte dos Democratas dos EUA era como um PSDB e hoje se parecem com PSOL, PCdoB

4 – Seguindo a pauta, a mídia brasileira seguiu o mesmo modelo. Veículos que gozavam de total confiança do público abusaram desta confiança e começaram a enfiar esta pauta goela abaixo de seus espectadores que diminuíram vertiginosamente. Lembram do Bonner comentando que Bolsonaro chamou a jornalista japonesa de… japonesa? ou do ritmo mortes/covid/mortes/covid 24 horas por dia?

5 – A pandemia no Brasil foi supervalorizada e o Establishment soube usar isto para apavorar e reprimir a população, minimizar o contato social e acabar com a economia do país, mesmo que ao custo de vidas, empresas e famílias. Guerras não desolaram tanto nações.

6 – A esquerda, fora do poder, aproveitou seu momento PEDRA contra o Telhado de vidro do governo. Junto com o Establishment dentro do Judiciário, Legislativo e até no Executivo – minaram todos os meios de governabilidade de Bolsonaro. Não pode decidir no enfrentamento à pandemia, Estados precisam de bilhões de ajuda, ações esquecidas no STF viram precatórios que exigem pagamento à vista – num volume e prazo nunca vistos e mais tudo que pudessem fazer para travar mais o país.

7 – O período PT foi um divisor de águas na corrupção. O que antes era uma praxe de 5, 10% virou uma roubalheira absoluta. E todo o Establishment se beneficiava. Mensalão, Petrolão possibilitavam grandes movimentações de dinheiro para o caixa comunista da América Latina e África. Acordos com facções criminosas e tráfico internacional saíram da escuridão. E o PT remendando cada deslize.

E conseguiram seu intento?

O PR, acuado, focou-se no que podia fazer. Com equipe ministerial mágica manteve o agro de pé, expurgou corruptos das estatais que passaram a dar lucro, finalizou obras – há anos ouço do sonho da BR-163 Norte-Sul, água para o nordeste, terras para quem quer plantar. Pois foram realizados. E com excelência. Bolsonaro não só mandou ajuda aos estados como baixou e zerou impostos, entregou milhares de casas populares , escolas, hospitais, negociou os precatórios, gerou recorde de empregos, não furou o teto, gerou superávits recordes consecutivos, reposicionou o Brasil mundialmente e nossa economia causa inveja à EU. Obrigado, Paulo Guedes.

Durante o período militar o Brasil apresentou crescimento sólido que estacionou em 1985 e só foi retomado em meio a uma pandemia, uma CPI idiota, seguida por guerra na EU, mas cresceu e está crescendo mais.

Até 2019 tivemos seguidas crises econômicas causados por governantes de esquerda que não entendem bulhufas de economia, comprovado por todos os países vermelhos da América Latina. O pensamento Socialista considera o Estado gerador de riquezas infinitas e a iniciativa privada opressora…

Consequentemente, apesar de todo o intento de atrapalhar o Governo, grande parte da população enxerga as benesses e sabe distinguir críticas de histerias da militância apontando o dedo para o preço dos combustíveis, inflação, desconsiderando a realidade mundial e o ‘Fique em casa‘.

Ideologia x Realidade

O Establishment ocupou 80% de Brasília. A composição da corte Suprema (9×2) denota este número que se espelha no Congresso e repartições públicas.

Já no resto do Brasil, somados veículos de mídia, bancos e XPs da vida, Magalús e Naturas – empresas que compartilham tamanho e saudade dos lucros dos períodos de crise do Brasil. Anúncios, juros, inadimplências e principalmente corrupção deu muito lucro estas empresas que representam 20% de todo o mercado.

No eleitorado esquerda também tem 20%. Domados, tratados a mortadela e diárias, com sonhos baseados em promessas de candidatos a candidato a suplente ou assessor. Fruto de polarizações criadas para dividi-los em grupos e minorias, serão os primeiros a ser descartados em eventual tomada de poder.

Os conservadores representam 80% do eleitorado, comércio e serviços – iniciativa privada e empreendedores. São perto de 100% entre os produtores rurais, cristãos e beneficiados por ações e auxílios do governo federal.

O único problema é que estes 20% de apoio tem 80% de Brasília endossando suas ações histéricas e extremamente barulhentas. E as mídias estão sendo usadas, como na segunda guerra, de máquina de propaganda política.

Você tem escândalos e delações do período PT pipocando diariamente. A velha mídia se comporta como avestruz. Por cima disto a cada nova narrativa falaciosa criada por petistas e Randolfes cria-se um enfoque tremendo que só perde para a cobertura de uma invasão alienígena. E pesquisas eleitorais? Nas últimas eleições via-se pesquisas 2 ou 3 vezes por mês, perto das eleições. Hoje temos pesquisas diárias com números inacreditáveis tentando vender uma realidade que não existe.

A grande mídia morreu. Em seu lugar temos uma assessoria de imprensa de esquerda

Conclusão

Muitos fora da bolha ainda estão anestesiados pela pandemia, caíram na Psicose em massa, seguem obedecendo e se vacinando acreditando em qualquer coisa que telinha afirme ser verdade. Mesmo sendo conservadores compraram a demonização da figura de Bolsonaro, acreditam que há corrupção no governo federal, queriam apoiar Moro ou qualquer terceira via.

E a mídia mostra denúncias vazias, de militantes histéricos e em seguida, o Duas Caras com sua cara engomadinha falando em liberdade, combate à corrupção, democracia e até genocídio.

Torna-se essencial furar esta bolha e transbordar as verdades dos fatos. Dia 31/07 faremos uma manifestação. Compareça!

Procure as pessoas com quem você se importa. Compartilhe seus sentimentos e pontos de vista. Desperte aqueles que ainda estão no transe. estamos numa guerra do Bem contra o Mal. Se o socialismo conseguir burlar o processo e tomar o poder, não o largará mais e condenará o país ao mesmo caminho de nações que se tornaram vermelhas como Venezuela, Argentina, Bolívia, Chile, Cuba. Fim da Liberdade, criminalidade à solta sem policiais nas ruas, propriedade privada abolida pelo estado, Comunismo. Um país inteiro servindo a uma elite exploratória e prepotente como a pior realeza já vista.

Boa Sorte Brasileiros!

“Se os homens não forem governados pelos Dez Mandamentos, eles serão governados pelos dez mil mandamentos.”

— G. K. Chesterton

São 2028 dias Sem Corrupção com anuência ou participação do Governo Federal e da Presidência

Swords of Iron: 3º dia de guerra

Por que a esquerda defende o aborto

RELATÓRIO CPI FUNAI-INCRA

CPI ONGs: Relat Rainforest Found Norway

A discreta campanha dos EUA para defender a eleição brasileira

Arcabouço Fiscal PTralha

#Chega Bolsonaro Brasil Corrupção Manipulação Mídia Rascoa Política Nojenta Urubus Sinistros